Apesar de ser um procedimento muito comum e bastante procurado, o transplante capilar ainda causa muitas dúvidas em meus pacientes. 

 

O transplante capilar consiste na retirada de folículos capilares, estrutura onde está localizada a raiz do cabelo,  de uma área doadora do próprio paciente. Os métodos mais comuns são o transplante FUE e o  transplante FUT. No entanto, nem sempre o transplante capilar é a primeira opção. 

 

Continue a leitura e descubra o momento ideal para realizar esse procedimento.

 

Qual o momento certo para realizar o procedimento?

O momento certo para realizar varia de acordo com cada paciente. Ao notar queda de cabelo excessiva, um médico habilitado, como um cirurgião capilar, um dermatologista ou um tricologista, deverão diagnosticar o quadro de cada paciente. A partir daí,  o tratamento é individualizado.

 

Muitas vezes, antes de o transplante capilar ser indicado, remédios e loções são indicados como primeira opção, podendo até ser recomendado após o procedimento de transplante. Quando esses não surtem o efeito desejado, a cirurgia vira uma opção mais viável, com exceção de casos onde a cirurgia é indicada no primeiro momento.

 

Porém, vale lembrar que algumas condições não respondem bem ao transplante, como é o caso de pacientes que sofrem de alopecia areata. Fora essa condição, todos as pessoas são candidatas ideais para o transplante capilar, desde que possuam fios saudáveis na nuca ou nas laterais, e que não tenham problemas de coagulação sanguínea.

 

Por que investir em transplante capilar? 

Existem diversos motivos para que o transplante capilar seja indicado. Entre eles estão:

 

  1. A cirurgia não é dolorosa e possui rápida recuperação;
  2. Os fios transplantados tem crescimento normal e permanecem com a textura natural dos fios do paciente;
  3. Com o uso de técnicas modernas, as cicatrizes são facilmente cobertas pelos fios remanescentes e não ficam à mostra, dando um resultado natural.

 

Vale ressaltar que todo procedimento deve ser indicado e acompanhado por um profissional habilitado. Em caso de qualquer dúvida ou para maiores informações, entre em contato comigo. Agradeço a leitura!

Você também pode se interessar por...