Uma das situações mais preocupantes para pessoas de todas as idades é a queda de cabelos em uma quantidade maior que a normal.

 

De modo geral uma pessoa perde naturalmente entre 50 a 100 fios por dia que caem por um processo de substituição. 

 

Na perda natural acontece a renovação capilar, ou seja, nasce um cabelo novo para cada fio que cai. 

 

Quando essa perda é mais intensa e já não existe reposição, pode ser que o corpo esteja apresentando sinais que existe algum desequilíbrio. 

 

Continue aqui no post que vou mostrar 5 doenças que podem causar queda de cabelos. Confira!

 

Quando devo me preocupar com a queda de cabelos? 

 

Perder cabelos, como vimos, é um fato normal e comum. 

 

Faz parte do processo o fio nascer, crescer, cair e se renovar, em quantidades equilibradas. 

 

Para saber se o seu cabelo está caindo acima do esperado, repare se o fio foi eliminado com uma pontinha branca, caso sim, ele não está completando o processo completo.  

 

Essa parte branca que fica presa no fio se chama mucina e é a responsável por prender o cabelo no folículo. 

 

Excesso de oleosidade e de produtos químicos podem ser a causa dessa queda, mas, em alguns casos ela pode indicar a presença de doenças. Entre elas citamos:

 

1 – Lúpus

 

A Lúpus de forma geral afeta a imunidade da pessoa e pode provocar fadiga, rigidez nas articulações, lesões na pele e também a queda de cabelos. 

 

Geralmente ela acontece em um local pequeno e específico da cabeça ficando fácil a percepção. 

 

2 – Anemia

 

Algumas vezes a queda de cabelo pode ser desencadeada por uma anemia. 

 

A doença se caracteriza pela ausência de ferro no organismo que por sua vez reduz a concentração de glóbulos vermelhos que é essencial para transportar o sangue para todo o corpo. 

 

Continue lendo:  [:pb]3 motivos para realizar a cirurgia de transplante capilar![:]

Essa deficiência causa cansaço, palidez e o deficit de oxigênio que enfraquece os fios, provocando a queda. 

 

3 – Depressão

 

A depressão causa vários danos ao corpo e pode também ser um fator determinante para a queda dos fios

 

Este quadro clínico traz uma série de transtornos para a vida do paciente, entre eles o estresse e o mau humor que estão relacionados com a saúde dos cabelos. 

 

Outro fator que deve ser levado em conta é o fato de que o deprimido geralmente se alimenta indevidamente e a ausência de nutrientes pode levar à eliminação de fios de uma forma excessiva.

 

4 – Síndrome metabólica

 

A síndrome metabólica é quando o paciente apresenta obesidade, hipertensão, triglicerídeos altos e diabetes.

 

Essas doenças prejudicam os vasos sanguíneos e a irrigação dos tecidos, inclusive o couro cabeludo, pois reduzem o transporte de oxigênio até a raiz dos fios, o que facilita a queda. 

 

5 – Calvície

 

A calvície ou alopecia androgenética é uma doença genética responsável pela queda de cabelos em ambos os sexos, sendo mais comum nos homens e sua principal característica é a perda progressiva de cabelos na parte frontal da cabeça.

 

Já as mulheres apresentam falhas em pontos específicos do couro cabeludo. 

 

Existem ainda outros tipos da doença que causam a queda de cabelos, são elas:

  • alopecia areata – queda de todos os cabelos e pelos do corpo,
  • difusa – perda generalizada e constante porém sem causar perda total dos fios.

 

Agora que você conheceu 5 doenças que podem causar queda de cabelos entre em contato comigo caso esteja precisando de ajuda para diagnóstico ou orientações sobre restauração capilar.