Muitas pessoas associam o hábito de fumar a problemas pulmonares, mas não pensam sobre os malefícios do cigarro para os cabelos.

As substâncias encontradas nele têm efeitos negativos para todas as partes do nosso corpo e, a longo prazo, pode causar doenças sérias, como cânceres e alopecia.

Por isso, é comum atender pacientes que mesmo muito jovens sofrem de queda capilar e têm problemas na sua autoestima.

Continue lendo o meu post e saiba mais sobre esse importante e interessante tema!

Quais são os malefícios do cigarro para os cabelos?

Dois estudos já comprovaram a relação do tabagismo com a calvície. O primeiro foi publicado na Archives of Dermatology e ocorreu em 2007 com homens asiáticos.

Ele provou que a quantidade de cigarros diários tem relação direta com a alopecia masculina.

Já outra pesquisa, realizada pela WebMD em 2011, mostrou que existem muitos fatores que podem influenciar a perda de cabelo, como o consumo de álcool, exposição solar e o hábito de fumar.

Para entender essas pesquisas e conhecer os principais malefícios do cigarro para os cabelos é preciso compreender como essa substância age no nosso corpo e consegue impactar a saúde capilar.

As principais consequências para os fios são:

 

Perda da vitalidade dos fios

O monóxido de carbono, que é um dos componentes do cigarro, tem um grande efeito no nosso sangue, diminuindo a oxigenação do mesmo.

O oxigênio, por sua vez, é um elemento essencial para que a renovação celular ocorra e, quando ele está em menor nível, as nossas células envelhecem antes que deveriam.

Isso acontece em todo o corpo de um fumante, mas o seu impacto é visível principalmente na pele e nos cabelos, que perdem a sua vitalidade.

Assim, os cabelos passam a ser menos saudáveis.

 

Queda de cabelo

Entre os malefícios do cigarro para os cabelos, também está o aumento da queda dos fios.

A nicotina, outro componente do cigarro, quando utilizada em grandes quantidades diminui a espessura dos vasos sanguíneos e, consequentemente, a circulação para diversas partes do corpo.

O couro cabeludo, por sua vez, é uma área que conta com bastante vasos sanguíneos que fornecem todos os nutrientes e substâncias necessárias para que os cabelos cresçam e permaneçam saudáveis.

Dessa forma, com a diminuição da circulação, ele recebe menos nutrientes, o que potencializa a queda de cabelo.

Diminuição no crescimento de novos fios

Como consequência direta da diminuição do oxigênio no organismo, os folículos capilares têm dificuldade para gerar novos fios.

Assim, inicia-se um processo em que a pessoa mais perde cabelo do que ganha, dando origem a áreas falhadas.

Como diminuir os malefícios do cigarro para os cabelos?

A primeira medida que deve ser tomada para diminuir os malefícios do cigarro para os cabelos é parar de fumar.

Sempre falo para os meus pacientes que apesar desse passo ser essencial, ele não será o único.

Fumar por longos períodos pode ter danos permanentes para os fios que apenas um tratamento especializado poderá resolver.

Cada caso difere do outro, por isso, sempre gosto de conhecer o histórico dos pacientes e fazer um bom exame clínico.

Assim consigo identificar quais são as melhores intervenções possíveis, que podem envolver medicação, aplicação de lasers diodos e até mesmo transplante capilar.

Marque sua consulta comigo para combater a calvície e ter cabelos mais saudáveis!