É comprovado que fumar pode contribuir para o desenvolvimento de câncer, problemas respiratórios e doenças cardíacas. O que muitos não sabem, entretanto, é que o tabagismo pode ser prejudicial para os fios capilares. No artigo de hoje, explicarei os males do cigarro para os cabelos.

Cigarro e cabelos brancos: Entenda a relação

Há alguns anos, pesquisas científicas realizadas na Jordânia comprovaram que existe uma relação entre o cigarro e a saúde capilar.

A pesquisa detectou uma maior presença de cabelos brancos em pessoas fumantes abaixo dos 30 anos de idade, quando comparadas aos não-fumantes da mesma faixa etária.

O cigarro contribui para o envelhecimento precoce dos fios, além de acelerar a perda de melanina dos fios. Por esse motivo, os cabelos brancos aparecem mais cedo.

Fumar também pode causar escamação no couro cabeludo e o surgimento de pontas duplas. Por mais que o fumante cuide dos fios capilares, o cigarro dificulta o aporte sanguíneo que leva nutrientes ao bulbo e aos folículos pilosos. Desse modo, uma pessoa fumante está mais propensa a possuir cabelos frágeis e sem brilho.

Relação entre tabagismo, queda de cabelo e calvície:

As substâncias tóxicas contidas no cigarro são extremamente prejudiciais para o cabelo. A nicotina, por exemplo, deixa os vasos sanguíneos praticamente fechados, impedindo que o sangue leve nutrientes aos folículos pilosos.

Outra substância nociva aos cabelos é o monóxido de carbono, presente na fumaça do cigarro. Durante o ato de fumar, este componente compete com o oxigênio, substância fundamental para a saúde do organismo e capilar.

Assim, o déficit de nutrientes e oxigênio contribuem para a desidratação e enfraquecimento progressivo dos fios, podendo desencadear na queda de cabelos ou , em casos de predisposição genética e hormonal, em calvície.

Fumantes com histórico de calvície androgênica na família devem atentar-se ao estilo de vida, caso queiram retardar ou tratar corretamente a queda capilar.

Logo, investir em hábitos saudáveis, parar de fumar e adotar uma dieta rica e balanceada são medidas fundamentais para impedir a calvície, a queda e o envelhecimento precoce dos fios.

Vale ressaltar que um profissional habilitado  é quem deverá diagnosticar qual tratamento e medicação é o mais eficiente de acordo com cada paciente. Em caso de qualquer dúvida ou para maiores informações, entre em contato comigo. Agradeço a leitura!

Você também pode se interessar por...