O transplante capilar é o melhor método para quem deseja resolver de vez o problema com a calvície. Sempre ressalto a importância da cirurgia ser realizada com um médico de sua confiança, que possa acompanhar todos os processos pré e pós operatórios.

 

Aqui, explico como é feito todo o acompanhamento e reforço como é fundamental contar com ele em todas as etapas da sua cirurgia. Acompanhe neste artigo.

 

Pré operatório: a primeira etapa do transplante capilar

 

O primeiro passo para resolver o problema é a procura por um médico especializado e a realização da primeira consulta. É nesse momento que avaliamos o paciente, detectamos as particularidades do caso e apresentamos os métodos disponíveis para o transplante capilar. 

 

É comum aparecerem muitas dúvidas nas primeiras consultas antes do transplante. É a hora de fazer todos os questionamentos e contar com o apoio do seu médico para esclarecê-los.

 

Além das dúvidas, o pré operatório também deve ser o momento no qual o paciente e seu médico discutem as expectativas e possibilidades do transplante capilar. Assim, o médico poderá compreender melhor seus desejos e saber o tratamento adequado para alcançar os objetivos almejados. 

 

Também é no pré operatório que são realizados exames para verificar as condições de cada paciente, assim as cirurgias são feitas de maneira mais segura e as chances de ocorrer algum problema são muito pequenas.

 

Continue lendo:  [:pb]Quais são as vantagens do transplante capilar?[:]

Acompanhamento pós operatório

 

Apesar de ser uma cirurgia pouco invasiva, alguns cuidado são necessários no pós operatório do transplante capilar. Nos primeiros dias pós cirurgia, algumas atividades, como tomar sol e exercícios físicos intensos devem ser evitados. Também é preciso cuidado ao lavar os cabelos.

 

Em torno de 15 dias após o procedimento, os fios transplantados irão cair para dar lugar a novos fios e as restrições desaparecem. Mas é preciso ter um acompanhamento médico nessa etapa, para avaliar as condições pós cirurgia e dar a indicação de como proceder daí em diante.

 

Mesmo sendo um procedimento leve, complicações podem aparecer. Dentre elas, pequenas áreas de insensibilidade e um leve inchaço na região da testa. É imprescindível se encaminhar ao seu médico para que ele faça um diagnóstico mais completo e indique o tratamento necessário.

 

Não deixe de realizar todas as etapas com todo o cuidado e sempre ao lado de um profissional competente. Agende uma consulta com um cirurgião e veja quais as exigências para um transplante capilar bem sucedido. 

 

Agradeço a leitura!