Uma pele com tom uniforme, sem imperfeições como manchas e sinais é o sonho de muitos. Mas é bastante comum apresentarmos manchas na pele! Elas podem se apresentar como manchas de nascença ou podemos adquiri-las ao longo da vida, devido à exposição solar, processo de envelhecimento, alergias, entre outros.

As manchas podem se manifestar de diferentes tipos, podem ser melasmas, manchas senis, sardas, manchas de gravidez, dermatite de contato, leucodermia solar, fitofotodermatite, entre outros. Saiba mais abaixo!

Melasmas:
As melasmas são as manchas que se assemelham às sardas, em tons variados de castanho. Podem surgir com a excessiva exposição solar, bronzeamento artificial, problemas hormonais ou predisposição genética.

Manchas senis:
São manchas marrons e geralmente arredondadas, podendo possuir variados tamanhos. Manifestam-se principalmente nas mãos, nos braços e no pescoço. São comuns em pessoas mais idosas que passaram muito tempo expostas ao sol sem a proteção necessária.

Sardas (melanose solar):
As sardas são causadas por predisposição genética de pessoas com a pele mais clara, como loiros e ruivos naturais. Além disso, elas podem ser causadas por efeito cumulativo da exposição solar, principalmente na face, ombros, costas e colo.

Manchas de gravidez (cloasmas):
São manchas que surgem devido a alterações hormonais que estimulam a produção de melanina, na cor marrom. Requerem o uso de protetor solar e geralmente desaparecem após a gravidez.

Dermatite de contato:
São as manchas oriundas de reação alérgica da pele a algum alimento ou produto. Possuem tamanhos variados e tom amarronzado.

Leucodermia solar:
São as famosas sardas brancas e costumam se manifestar braços e pernas. A principal causa é a exposição solar cumulativa sem a proteção adequada.

Fitofotodermatite:
São manchas marrons com fundo avermelhado, oriundas da reação de frutas cítricas, perfumes ou refrigerantes com os raios solares.

Todos os tipos de manchas tem em comum a excessiva exposição solar e à falta do uso de protetor solar. Além disso, o surgimento duvidoso de manchas ou sinais na pele requer atenção médica. Previna-se!

Gostou desse artigo? Inscreva-se na nossa newsletter para receber mais notícias!

Você também pode se interessar por...